Alerta Vermelho: “Jogo de Guerra” Financeiro Global Simula Potencial Impacto Disruptivo De Ataque Cibernético

Por Kennedy Hall

Israel liderou uma iniciativa de 10 países no início deste mês que simulou um ataque cibernético financeiro global com o objetivo de criar um cenário da vida real que poderia resultar do pânico e do caos se algo assim acontecesse.

O exercício foi  denominado  “Força Coletiva” e aconteceu no início de dezembro. O “ jogo de guerra ” global incluiu pessoal do tesouro de 10 países – Israel, Estados Unidos, Reino Unido, Emirados Árabes Unidos, Áustria, Suíça, Alemanha, Itália, Holanda e Tailândia – bem como representantes do Fundo Monetário Internacional, Banco Mundial e Banco de Pagamentos Internacionais.

A Reuters relatou que os participantes viram um filme como parte da simulação. “Esses eventos estão causando estragos nos mercados financeiros”, disse o narrador do filme, e que os governos estavam sob pressão para avaliar o impacto do ataque global à medida que o sistema financeiro mundial estava incapacitado.

O evento passou por vários ataques que incluíram violações nos mercados de câmbio e títulos e a segurança dos dados compartilhados entre importadores e exportadores em todo o mundo.

Se um ataque como esse acontecesse, os participantes alertavam que as pessoas não conseguiriam acessar seus fundos e ativos eletrônicos por um período de tempo, o que levaria a uma situação em que as compras seriam efetivamente interrompidas. Com a maioria das transações financeiras vinculadas à tecnologia da Internet e envolvendo informações seguras – como cartões de crédito e PayPal – qualquer violação grave causaria um caos absoluto.

Como soluções potenciais para tal cenário, os funcionários participantes sugeriram medidas como um feriado bancário coordenado, períodos de carência para reembolso de dívidas e desvinculação coordenada das principais moedas.

Uma autoridade cibernética israelense disse que tal ataque só poderia ser feito por “atacantes sofisticados”.

Durante o filme de simulação, o narrador disse:

“Os bancos estão apelando para assistência emergencial de liquidez em uma infinidade de moedas para interromper o caos conforme as contrapartes retiram seus fundos e limitam o acesso à liquidez, deixando os bancos em desordem e ruína.”

A assistência de liquidez de emergência em uma variedade de moedas implicaria em uma impressão significativa de dinheiro. Imprimir dinheiro a taxas elevadas pode contribuir para a hiperinflação. Como resultado das medidas de bloqueio e medidas de flexibilização quantitativa que ocorreram desde o advento da pandemia declarada, a   inflação alta recorde foi observada nos Estados Unidos.

Em novembro, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), importante medida da inflação, subiu para 6,8% na comparação anual, e o núcleo do IPC, que não inclui alimentos e energia, subiu para 4,9% na comparação anual. O aumento dessas taxas é o  mais rápido  registrado em 39 anos.

Fonte: LifeSite News via Truth Unmuted

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.